,


CRISTO OUVE NOSSO CLAMOR!



"E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele clamava cada vez mais: Filho de Davi! tem misericórdia de mim." (Marcos, 10: 48)

Eis um tempo novo! Iniciamos mais uma semana de trabalho. As lutas serão apenas para sazonar as vitórias que estão à nossa frente. Mova-se, ande... Estude, dedique-se, seja forte e otimista, pois Deus é conosco!

Certa feita, Jesus passava em Jericó. A bíblia nos diz que “Bartimeu, o cego [...] estava assentado junto do caminho, mendigando” ( Mc. 10. 46). Com certeza aquele era o seu labor, o meio pelo qual supria as suas necessidades. Coberto pela agitação dos transeuntes, o atento pedinte não prescinde aos acontecimentos ao seu redor. Quando, de repente, o barulho das gentes atrai a sua atenção... Talvez tenha se perguntado: que movimentação é essa? Então, com base no que, certamente, já ouvira falar, refinou o sentido ”e, ouvindo que era Jesus de Nazaré”, ( Mc. 10. 47) na perdeu tempo e “começou a clamar, e a dizer: Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim. ( Mc. 10. 47). Não tardou para que fosse refutado com veemência por alguns, os quais “o repreendiam, para que se calasse” ( Mc. 10. 48). A sua bênção estava diante si! Bartimeu, ao contrário de muitos, não se intimidou e “clamava cada vez mais: Filho de Davi! tem misericórdia de mim” ( Mc. 10. 48).

Assim como Bartimeu, devemos conhecer a Jesus, saber que Ele não abre mão de nenhum nós; que está atento ao nosso clamor. Não importa onde estejamos: se estamos casa, no trabalho à beira do caminho, no leito do hospital, na companhia de um ente querido, na igreja em adoração... A qualquer hora em qualquer lugar, onde você estiver Jesus estará lá. Creia, Ele está conosco “todos os dias, até a consumação dos séculos! (Mt. 28. 20).

Deus quer que tenhamos intimidade com Ele, "Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao SENHOR [...] e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra" (Oséias, 6: 3). Bartimeu sabia disso. Eis, portanto o porquê da sua persistência em chamar a atenção de Jesus para o seu problema. Ele tinha absoluta certeza que um clamor sincero, reverente e solícito é sempre ouvido com carinho por Deus. Assim, mesmo com tantos tentando dissuadi-lo do seu propósito pessoal, ele consegue tocar o coração do mestre amado! “E Jesus, parando, disse que o chamassem; e chamaram o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, que ele te chama” ( Mc. 10. 49). Já viu alguém que sabe aproveitar as oportunidades? Pois é, Bartimeu era um desses! Ante o chamamento do Senhor ele lançou a “si a sua capa, levantou-se, e foi ter com Jesus”. Isso tem nome: chama-se atitude!

Será que não está na hora de você tomar uma atitude e atender ao chamado de Cristo na sua vida? Quantos rogos... Pedidos que você fez e Ele te ouviu, te chamou, mas você ficou parado! Não se moveu!

Está na hora!! Levante-se, dirija-se a Cristo e ouça o que ele quer te falar. O cego levantou-se e foi até a presença do Senhor, “e Jesus, falando, disse-lhe: Que queres que te faça”? ( Mc, 10.51). O que dizer? Bartimeu falou do senhor sonho... Falou daquilo que mais queria: “Mestre, que eu tenha vista. E Jesus lhe disse: Vai, a tua fé te salvou. E logo viu, e seguiu a Jesus pelo caminho” ( Mc, 10.51, 52).

Você precisa entender que o mesmo Jesus que atendeu ao cego Bartimeu, está vivo. Ele sabe quem é você. Chame por Ele, acredite mais nEle! “Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e ele o fará”. (Sl. 37. 5).

Lembre-se, o cego seguiu a Jesus pelo caminho. Faça isso também, siga a Cristo e seja feliz!

O Senhor seja contigo. Oro para que Ele esteja sempre na sua casa, cuidado da sua família; que ouça e atenda as suas orações! Por fim, que a semana que ora inicia seja de muitas realizações.

No amor do Senhor Jesus,